sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Conselho Gestor discute uso público de Jurubatiba

Conselho Gestor discute uso público de Jurubatiba
Dois funcionários da Divisão Ambiental da Guarda Civil Municipal, vinculada à Coordenadoria Especial de Segurança Pública de Quissamã participaram na tarde de quinta-feira (17), de uma reunião do Conselho Gestor do Parque Nacional de Restinga de Jurubatiba (Parna), na sede do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), em Macaé.
No encontro, que reuniu ainda representantes de Macaé e Carapebus — áreas de abrangência do Parna foram discutidos o uso público (visitação) do parque e a nova formatação do Conselho, que deverá ocorrer em um mês.
O administrador do parque, Marcelo Pessanha lembrou a importância da Unidade de Conservação (UC). “Ele abrange os municípios de Macaé (1%), Carapebus (34%) e Quissamã (65%), estendendo-se por uma área de aproximadamente 60 km de comprimento por 10 km de largura em planícies arenosas”, disse.
Participaram ainda da reunião, representantes das secretarias de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Coordenadoria da Defesa Civil e Grupo de Artesanato, além do vereador José Borba.

O Parque — Uma das unidades brasileiras de conservação mais estudadas por pesquisadores, o Parna investe no turismo ecológico como importante ferramenta de Educação Ambiental, possibilitando que os visitantes conheçam e respeitem um dos mais ameaçados ecossistemas do país. Criado em 29 de abril de 1998 e com 14.922,39 hectares, 44 Km de costa e 18 lagoas costeiras, o Parque Nacional de Jurubatiba representa o trecho de restinga melhor conservado da costa fluminense.

Glicério ganhará novo Destacamento de Policiamento Ostensivo

2017-08-18 11:36:00 - Jornalista: Tatiana Gama
Compartilhe:  
  •  
  •  
  •  
3 profissionais de obras  fazendo manutenção dentro de um banheiro
Foto: Maurício Porão
Obras têm parceria com Prefeitura de Macaé
Para melhorar as ações de segurança em Glicério, o distrito da região serrana de Macaé ganhará novo Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO), ligado ao 32º Batalhão de Polícia Militar. A obra, que começou esta semana, é uma parceria da Associação de Moradores e Prefeitura de Macaé. A expectativa é que os serviços sejam concluídos em 45 dias. O espaço funcionará na praça principal da localidade, antigo banheiro público.
De acordo com o presidente da Associação de Moradores e Amigos de Glicério, Hyago Dornelles, o prédio do banheiro publico está sendo adaptado para incluir o espaço físico da Polícia Militar. Ele acrescenta que os materiais foram doados pelos moradores e a prefeitura com a contrapartida da mão de obra e suporte de equipamento de operações da Guarda Municipal.

O novo DPO de Glicério contará com cerca de 100 metros quadrados e funcionará durante 24 horas. "Nossa região tem uma carência de segurança e o retorno de uma unidade da polícia para a comunidade é fundamental para os moradores. O espaço estará em área central de fácil acesso e visibilidade. Isso traz mais eficiência nas ações", avalia o presidente da Associação de Moradores.

Parceria - Em 2015, a Guarda Municipal assumiu o espaço físico do DPO de Glicério. Enquanto isso, o efetivo da PM concentrou suas ações de rua. Os dois locais passaram a ser uma base de força tarefa para garantir a segurança no distrito que recebe um grande número de turistas durante todo o verão.

Nota - Estratégia Saúde da Família do Lagomar e Engenho da Praia

2017-08-18 13:03:00 - Jornalista: Equipe Secom
Compartilhe:  
  •  
  •  
  •  
As Unidades de Estratégia Saúde da Família dos bairros Lagomar e Engenho da Praia estão com serviços suspensos na tarde desta sexta-feira (18). Ambas foram alvos de assaltos na parte da manhã. A Prefeitura informa que o boletim de ocorrência já foi feito.
O atendimento volta a normalidade na próxima segunda-feira (21).

Dia de Campo: Macaé é o maior produtor de feijão preto do Estado

2017-08-18 17:20:00 - Jornalista: Julie Silveira
Compartilhe:  
  •  
  •  
  •  
Foto de pessoas presentes no evento
Foto: Maurício Porão
Evento mostrou a importância do agronegócio para a qualidade de vida e geração de emprego
Com 800 ha de área plantada com feijão preto, as fazendas BJ Agropecuária (Antiga IIha da Saudade) e Primos Ipanema Agropecuária geram, juntas, cerca de 450 toneladas das variedades BR1-Xodó e BRS-Esplendor, o que torna Macaé o maior produtor de feijão preto do Estado do Rio de Janeiro. Diante deste cenário, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento e a Empresa de Pesquisa Agropecuária (Pesagro-Rio) promoveram, nesta sexta-feira (18), o "Dia de Campo - Cultivo Empresarial de Feijão". O encontro aconteceu nas duas fazendas, localizadas na BR-101, no km 161, e teve como objetivo mostrar a importância decisiva do agronegócio na qualidade de vida do estado e na geração de emprego.
- Não devemos pensar em produtores isolados e nem em pesquisas não aplicadas. A união desses dois produtores, Antonio Carlos Mezavilla e Gonçalo Meireles Dias, é um exemplo de sucesso e faz com que Macaé seja o maior produtor de feijão do estado, - destacou o secretário Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Jair Bittencourt.

Para o presidente da Pesagro-Rio, Rafael Miranda, Macaé é o único local do Rio de Janeiro que utiliza a colheita mecanizada. Segundo ele, com esse método, a palha que fica no solo gera macro e micro nutrientes, o que faz com que o uso de adubos minerais sejam reduzidos. "Além desse tipo de colheita, que faz com que o município se destaque no setor, o produtor também precisa de pesquisas aplicadas. É essa nossa maior proposta. Pesquisar, aplicar e fazer com o setor cresça cada vez mais.", disse.

De acordo com o secretário de Agroeconomia de Macaé, Alcemir Maia Costa, a ideia da Pesagro-Rio e da Secretaria de Estado foi divulgar, por meio das palestras realizadas durante o evento, e demonstrar novas tecnologias, além de formas para aproveitamento de plantio, fixação biológica de nitrogênio e plantio direto.

Para falar sobre a experimentação com feijão e plantio direto, que é a forma de manejo de água e solo mais recomendada por proporcionar satisfatória economia e melhorias sociais e ambientais, os cerca de 100 participantes presentes no evento contaram com a palestra do engenheiro agrônomo e pesquisador da Pesagro-Rio, Benedito Fernandes. Em seguida, Luis Carlos Hernani, pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) abordou o manejo do solo e a agricultura conservacionista. Para encerrar, a também pesquisadora do Embrapa, Rosângela Straliotto, destacou os benefícios da fixação biológica de nitrogênio na cultura do feijão.

Além de técnicos e do secretário de Agroeconomia de Macaé, o Dia de Campo também contou com a presença de representantes da Empresa de Assistência Técnica Extensão Rural Emater-Rio; do deputado estadual, Chico Machado; vereador de Macaé, José Prestes; produtores rurais e representantes de diversos municípios vizinhos, como Casimiro de Breu e Cabo Frio.
AGO172017

EDUCAÇÃO MUNICIPAL DE TRAJANO CONCLUI 100% DO PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS

A Secretaria Municipal de Educação de Trajano de Moraes, concluiu o diagnóstico do Plano de Ações Articuladas – PAR, através de uma análise detalhada da situação educacional da rede municipal de ensino. A análise foi feita diante dos dados referentes a quatro dimensões: Gestão educacional, Formação de Profissionais da Educação, Práticas Pedagógicas e Avaliação e Infraestrutura física e Recursos Pedagógicos.
De acordo com o secretário Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer Elielton Moreira Riguetti, o diagnóstico é fundamental para que o município possa ter acesso aos programas e projetos do governo federal, destacando a aquisição de transporte escolar, construção de creches e escolas, dentre outros. “O diagnóstico é a fase em que a secretaria tem a possibilidade de coletar informações quantitativas e qualitativas de toda a rede de ensino. É também o momento de pensar o que precisa ser planejado tomando por base as demandas”, explicou.
Elielton acrescentou ainda que a dinâmica do PAR tem três etapas: o diagnóstico da realidade da educação e a elaboração do plano são as primeiras etapas e estão na esfera do município e estado. A terceira etapa é a análise técnica, feita pela Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação e pelo FNDE. Depois da análise técnica, o município assina um termo de cooperação com o MEC, do qual constam os programas aprovados e classificados segundo a prioridade municipal.
“O termo de cooperação detalha a participação do MEC – que pode ser com assistência técnica por um período ou pelos quatro anos do PAR e assistência financeira. No caso da transferência de recursos, o município precisa assinar um convênio, que é analisado para aprovação a cada ano”, destacou.
O PAR é um instrumento onde os setores federados recebem apoio técnico e financeiro do Ministério da Educação – MEC e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE. Considerando que essa é uma ferramenta de gestão e que ajuda a estruturar o planejamento dos estados e municípios, eles devem realizar um diagnóstico minucioso da realidade educacional local. Segundo o prefeito Rodrigo Viana, com base nesse diagnóstico é que foi possível desenvolver um conjunto coerente de ações registradas no sistema, disse.
Nesse sentido, e segundo orientações do MEC, será obrigatório o preenchimento do Diagnóstico do PAR para acesso às ferramentas de planejamento e solicitação de apoio financeiro. Para acessar o sistema é preciso que os prefeitos e dirigentes municipais de educação, em início de gestão, cadastrem ou atualizem seus dados junto ao FNDE. “Para a elaboração do PAR, o Ministério da Educação oferece um ambiente virtual, ou seja, o Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças do Ministério da Educação (Simec)”, ressaltou Rodrigo Viana.

Abrimos processo seletivo público para 159 vagas

14.Ago.2017
funcionario11.jpg
Divulgamos edital de novo processo seletivo público (PSP RH 2017.1) para preenchimento de 159 vagas e formação de cadastro para cargos de níveis médio e superior em diversas cidades do Brasil. Há postos de trabalho nos estados do Rio de Janeiro , São Paulo, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas e Amazonas. As inscrições estarão abertas de 15 de agosto a 04 de setembro.
Essas vagas vão atender à demanda por pessoal das novas unidades de produção no pré-sal da Bacia de Santos, conforme programado no PNG 2017-2021, e de forma a complementar um processo de mobilidade interna que já está em curso.
No nível superior, há 4 vagas para o cargo de Médico(a) do Trabalho Júnior e o cadastro esperado é de 20 candidatos. No nível médio, há 155 vagas no total, para os cargos de Técnico(a) de Enfermagem do Trabalho Júnior (1), Técnico(a) de Inspeção de Equipamentos e Instalações Júnior (12), Técnico(a) de Manutenção Júnior - Caldeiraria (1), Técnico(a) de Manutenção Júnior – Elétrica (15), Técnico(a) de Manutenção Júnior - Instrumentação (6), Técnico(a) de Manutenção Júnior - Mecânica (22), Técnico(a) de Operação Júnior (78) e Técnico(a) de Segurança Júnior (20). O cadastro esperado é de 775 candidatos.
As inscrições serão realizadas somente pelo site da Fundação Cesgranrio (http://www.cesgranrio.org.br/). O valor será de R$ 67,00 (sessenta e sete reais) para o cargo de nível superior e R$ 47,00 (quarenta e sete reais) para os de nível médio. As provas objetivas estão agendadas para o dia 01/10/2017.
A garantia de remuneração mínima para o cargo de nível superior é de R$ 9.786,14. e, para os cargos de nível médio, R$ 3.681,63 (Técnico Enfermagem do Trabalho Júnior) e R$ 4.436,38 (demais cargos). Oferecemos previdência complementar (opcional), plano de saúde (médico, hospitalar, odontológico, psicológico e benefício farmácia), além de benefícios educacionais para dependentes, entre outros.
O processo seletivo terá validade de doze meses, podendo ser por igual período uma vez, a nosso critério. O edital completo, contendo cargos, polos de trabalho, localidades, vagas, cidades de provas, requisitos e remuneração, pode ser consultado no nosso site (www.petrobras.com.br) ou no da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br).
Leia mais:
Postado em: [Institucional]
 Blog Macaé em Pauta, registra  hum milhão , 350 mil  seguidores até o dia de  hoje.
Macaé, 18 de Agosto de 2017.

Rubem Almeida- Editor.